CANÇÕES DE CAMPONESES DO JAPÃO

AMOR MUDO

Ardendo de amor, as cigarras
cantam: mais belos porém são
os pirilampos, cujo mudo amor
lhes queima o corpo!

Versão de Herberto Helder, "O Bebedor Nocturno", in Poesia Toda, Assírio & Alvim, 1981

Sem comentários:

Publicar um comentário